Indignado com falta de segurança, Sindicato interdita estação-tubo Osternack


protesto-estacao-tubo-261113-bandabRepresentantes do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de ônibus de Curitiba (Sindimoc) estão indignados com a falta de segurança na estação-tubo Osternack, localizada no bairro Ganchinho. No final da tarde desta terça-feira (26), eles interditaram o ponto e estenderam faixas por uma hora para chamar a atenção das autoridades para o problema.

A estação, que serve de passagem para cerca de 2,1 mil usuários diariamente, é cenário de 10 a 15 assaltos por mês – estatística que a coloca como um dos pontos de parada de ônibus mais perigosos da cidade. No local, que fica no cruzamento da rua Eduardo Pinto da Rocha com a Guaçui, passa o ligeirinho Bairro Novo.

Segundo Luiz Carlos, representante do sindicato, a estação-tubo virou praticamente uma agência bancária. “A gente não aguenta mais essa situação. Nós não temos segurança nenhuma, os bandidos acham que aqui é caixa eletrônico, que pode chegar e levar o dinheiro. Não é assim, nós queremos uma solução, porque temos que arcar com prejuízo do próprio bolso”, disse à Banda B.

Resposta

Em nota, a Prefeitura de Curitiba informou que, segundo o Centro de Controle Operacional da Urbs, o protesto durou cerca de uma hora, mas a estação já foi liberada. O local foi reformado esse ano, passando de 10 para 40m e está em funcionamento normal. O problema dos assaltos é de segurança pública, de responsabilidade do estado do Paraná.

Anúncios

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s