Depois de 10 horas de negociação, presos conseguem transferência e libertam reféns


Por Roberto Romanowski

Complexo de Piraquara

Complexo de Piraquara

A rebelião em uma da celas do Penitenciária Central do Estado, que teve início na manhã desta quarta-feira (10),  chegou ao fim por volta das 19h, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Os três presos que pediam a transferência para os seus estados de origem, Santa Catarina e Brasília, mantiveram dois agentes penitenciários como refém sob a mira de estoques, arma de fabricação caseira.

Segundo Anthony Johnson, vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen), os presos tiveram as reivindicações atendidas e foram transferidos.  “Os agentes estavam bem e graças a Deus nada de mais grave aconteceu. Fica o alerta para as autoridades quanto às dificuldades vividas pelos profissionais e os ricos diários”, afirmou.

Após a transferência dos presos, policiais militares realizaram uma revista geral no presídio na tentativa de encontrar armas, entre outras coisas.

Informações Banda B

Anúncios

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s