Conheça 10 campanhas inusitadas promovidas por pastores


Líderes fizeram propostas bizarras às suas igrejas ou ministérios.

Foto Divulgação

Foto Divulgação

Em tempos de internet, muita coisa às vezes feita para um grupo de pessoas pode se tornar notícia no mundo todo. Basta que alguém resolva divulgar um vídeo ou postar numa rede social, por exemplo.

O influente site Religion News separou uma lista de vários eventos criados por pastores que fazem de tudo para aparecer. Ou serão propostas legítimas de pessoas que veem o que os demais não veem? Conheça algumas delas:

1 – Pastor que virou ateu

Um dos casos mais polêmicos dos últimos anos é o pastor Ryan Bell, da Igreja Adventista da Califórnia. Ele anunciou que fará um experimento muito estranho para quem ensinava sobre fé em dois seminários evangélicos e liderou uma igreja por oito anos. Irá “viver sem Deus” durante o ano todo de 2014 e escreverá um blog para relatar a experiência. Seu objetivo seria “entender melhor” como pensam os ateus.

Assim que a história se espalhou ele foi demitido dos seminários e rechaçado pela liderança da igreja adventista. Curiosamente, seu blog começou a receber o apoio de ateus que fizeram uma “vaquinha” para ajudar Ryan a se sustentar agora que está desempregado.

2 – Pastor que só pensa “naquilo”

O pastor Paul Wirth, da Igreja Relevant, na Flórida, desafiou os casais de sua igreja a terem elações sexuais por 30 dias seguidos. Essa “maratona” ocorreu em 2008 e, obviamente, o casal pastoral daria o exemplo. A justificativa, segundo Wirth era uma estatística lida por ele na época indicando que a maioria dos casais faziam sexo apenas 10 vezes por ano. Para ele, as igrejas deveriam tomar uma atitude. Anunciada como um sucesso, a Igreja periodicamente renova o desafio aos casais. Para o pastor essa é uma boa maneira de fortalecer o relacionamento conjugal.

3 – Pastor que só pensa “naquilo” 2

O pastor Ed Young, da Fellowship Church, no Texas, lidera cerca de 20 mil membros em sua congregação. Eles defendem que os cristãos deveriam fazer mais sexo.

Entre várias coisas estranhas, eles já colocaram uma cama no palco e “pregaram” sobre isso deitados nela. Também passaram 24 horas em uma cama colocada sobre o telhado da igreja em 2012. Fizeram disso um “evento” com transmissão ao vivo pela Internet. Seu objetivo era encorajar os casais a conhecer o poder de uma vida sexual saudável. Eles desafiaram os casais cristãos a fazer sexo por sete dias seguidos. Chegaram a lançar um livro falando sobre isso.

4 – Emagrecendo para a glória de Deus

O conhecido pastor e autor Rick Warren, da Igreja Saddleback, desenvolveu o que chama de “O Plano de Daniel”. Trata-se de um tipo de dieta que usa o Livro de Daniel como base.

Em 2011, Warren disse à igreja que precisava perder cerca de 40 Kg, pois estava com sobrepeso. Decidiu então desafiar sua congregação para fazer o mesmo e ter uma vida mais saudável.  Ao todo, cerca de 12 mil pessoas se inscreveram para participar. Ao longo daquele ano anunciaram que tinham o objetivo de perder coletivamente 113 mil quilos. O resultado dessa experiência foi publicado no livro “O Plano de Daniel”.

5 – Viver com menos para entender os pobres

O pastor metodista Sonnye Dixon liderou uma campanha em 2007 na qual as pessoas eram desafiadas a gastar com alimentos apenas US$ 4,39 por dia no supermercado. O objetivo era mostrar na prática para os membros da igreja como é a dura realidade dos pobres em muitos países do mundo.

O próprio Dixon gastava apenas US$ 21 por semana, algo impensável para o padrão americano. Ele relatou para sua congregação como isso o afetou.

6 – Chantagem para arrecadar dinheiro

Um dos mais influentes pregadores por trás da chamada teologia da prosperidade, o falecido pastor Oral Roberts disse durante seu programa de TV em 1987 que precisava arrecadar US$ 8 milhões, para financiar um hospital que estava construindo.

Afirmou que se as pessoas não mandassem dinheiro, Deus poderia tomar sua vida. Ou seja, contribuir significava manter o pastor vivo. A chantagem durou de janeiro a março daquele ano e os fiéis doaram mais de US$ 9 milhões. Contudo, dois anos depois o hospital acabou fechando. Oral Roberts só viria a morrer em 2009.

7 – Acampados no telhado

O nem tão famoso pastor Corey Brooks armou sua barraca no telhado de um hotel abandonado de Chicago no final de 2011. Ele anunciou que ficaria ali até que conseguisse os 450 mil dólares necessários para comprar aquele prédio.

Afirmando ser um local usado apenas para drogas, prostituição e violência ele iria derrubar o local. Depois de 94 dias ele conseguiu o valor necessário, mas só depois que o ator Tyler Perry prometeu dar 98 mil dólares para Brooks descer.

Em 2006, o sacerdote Malcolm Hunter, da Igreja Saint Michael em Londres decidiu ficar acampado no telhado de sua igreja para sensibilizar as pessoas da necessidade de uma reforma. Embora tenha dito que ficaria até conseguir o montante necessário, desistiu depois de 10 dias.

8 – Pastor encaixotado

O pastor Ben Dailey prometeu em 2009 que ficaria três dias dentro em um cubo de acrílico de 2 metros quadrados em cima de sua igreja no Texas. Ele reclamava que a congregação sempre diminuía bruscamente no culto de Páscoa e no domingo seguinte. Seu objetivo era que mais de 4 mil pessoas fossem à igreja.  Com alegria viu que a congregação somava 4006 pessoas nos cultos. Embora pequena, a caixa do pastor tinha eletricidade, ar-condicionado, livros, notebook, televisão, um celular, uma cadeira e muita comida.

9 – Carregar uma cruz esperando pelo arrebatamento

Robert Wood anda pelas ruas e estradas da região de Nova York levando apenas uma mochila e uma grande cruz de madeira. Barbudo e usando túnicas, ele afirma que deseja levar a mensagem para que as pessoas se convertam. Em 2012 deu uma entrevista onde explica que faz isso há mais de 20 anos. Disse ainda: “Não vou parar a menos que ocorra o arrebatamento ou que eu morra na estrada”.

10 – Não tente isso em casa

O ministério Encontro Real reúne de evangelistas que fazem acrobacias sobre motocicletas. Fundado em 2009 pelo pastor e motociclista Aaron Ramsey, eles se apresentam em todos os lugares que foram convidados. Seu desejo é aliar esporte radical com a mensagem da salvação. Entre outras coisas eles saltam sobre vários caminhões ou ônibus estacionados lado a lado, por vezes passando por aros de fogo.  A mensagem de vida deles é real e o risco de morte também.

Anúncios

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s