Magno Malta confirma pré-candidatura à presidência pregando redução da maioridade penal


Magno-Malta-candidato-a-presidenteO senador Magno Malta (PR-SE) confirmou a intenção de sair candidato à presidência da República nas eleições de outubro. Malta usou uma publicação em seu perfil no Instagram para confirmar os rumores de que ele estaria disposto a tentar a sucessão de Dilma Rousseff (PT).

Reconhecido como ativo defensor da redução da maioridade penal e ligado a projetos de recuperação de dependentes químicos, o senador teve seu maior momento de exposição política nacional quando atuou na CPI da Pedofilia.

No texto divulgado no Instagram, Malta pede orações por sua pré-candidatura: “Amigos, essa semana, apresento uma carta ao meu partido, me colocando como candidato a presidente da República… Quero em nome da sociedade civil do pais discutir a violência que campeia em nossa pátria advinda das drogas… A necessidade de fazer a redução da maioridade penal é algo primordial para o Brasil […] Ore por mim”, pediu.

Em seu site, Malta divulgou a informação de que diversos líderes regionais de seu partido manifestaram apoio à intenção do senador de sair candidato à presidência. Caso o desejo de Malta se concretize, ele poderá ser o terceiro evangélico envolvido na disputa, juntando-se ao pastor Everaldo Pereira (PSC) e à missionária Marina Silva (PSB), virtual candidata à vice na chapa de Eduardo Campos.

“Vou colocar o meu nome para depois não me arrepender de ter ficado omisso. Quero debater com o Brasil o fim de uma geração de ‘esgotos humanos’, que são as unidades sócio educativas que hoje estão formando criminosos juvenis. Vou conseguir com a iniciativa privada a construção de um moderno presídio na Amazônia e reforçarei a segurança da extensa fronteira brasileira coibindo tráfico de armas e drogas pesadas”, afirmou o senador.

Magno Malta exerce atualmente o segundo mandato como senador pelo Espírito Santo. Foi eleito a primeira vez para o cargo em 2003, sendo reeleito em 2010. O atual mandato se encerra apenas em 2018, o que deverá exigir do senador uma licença de suas funções para tentar a cadeira do Planalto.
Anúncios

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s