Pastor evangélico simula o próprio sequestro para esconder caso extraconjugal


Pastor evangélico simula o próprio sequestro para esconder caso extraconjugal

Nesta sexta-feira (06), a polícia da cidade de Joaçaba, em Santa Catarina, foi mobilizada para atender ao caso de sequestro de um pastor evangélico da cidade. As informações iniciais são de que o religioso, pastor em uma igreja do bairro Jardim das Hortênsias, teria sido vítima de um sequestro-relâmpago. Porém, a polícia acabou descobrindo que o pastor forjou o próprio sequestro, para esconder de sua esposa um caso extraconjugal.

De acordo com a Rádio Catarinense, João Emílio de Andrade, de 43 anos, afirmou que havia sido abordado em um trevo da BR-282 por dois homens encapuzados que abordaram seu carro utilizando um Ford Escort cinza. Ele afirmou que foi colocada uma sacola em sua cabeça, e que teve os pulsos amarrados com a gravata que ele usava e em seguida foi colocado no porta-malas de seu carro, que tenha rodado por pelo menos meia hora.

O envolvimento da polícia com o caso começou quando o pastor entrou em contato com um amigo, que imediatamente acionou a polícia pedindo ajuda. Foram mobilizados cerca de 13 profissionais para atender à ocorrência, entre policiais militares e civis, investigadores e Corpo de Bombeiros.

Andrade foi encontrado dentro de seu carro, já na madrugada, em frente ao posto avançado do Corpo de Bombeiros, e foi tirado do veículo pela polícia. Ele foi levado pelo Corpo de Bombeiros com ferimentos leves nos pulsos ao Hospital Universitário Santa Terezinha onde foi atendido e logo liberado.

Ao iniciar a investigação do caso, a Polícia Civil começou a desconfiar que o pastor estivesse omitindo informações. Ao ser interrogado, ele começou a se contradizer com a história, e acabou revelando que não foi realmente sequestrado. O investigador Edson Tonielo conta que o pastor revelou que precisava achar um meio de explicar o motivo de chegar tarde em casa, já que estava com outra mulher, pois ele tinha recebido 13 ligações da esposa enquanto estava fora de casa.

– Durante o período que os policias estavam envolvidos no caso, dois caminhões foram furtados na cidade – destaca o investigador.

Anúncios

Um comentário sobre “Pastor evangélico simula o próprio sequestro para esconder caso extraconjugal

  1. Vergonhoso a atitude do pastor João Emídio de Andrade do Jardim das Hortênsias, Os membros. da igreja deve estar indignado com o ocorrido com o pastor, forjando mentiras, provocando transtorno para a polícia prejudicando o trabalho para o bem estar da população, Belo exemplo pastor,para os fiéis da sua igreja, para sua esposa que sempre deve ter confiado no marido pastor. Quem é de Deus, prega a verdade e a verdade os, liberta quem prega mentiras não é de Deus

Deixe seu comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s